Pai de Michael Jackson morre com a mesma doença de Marcelo Rezende

Aos 89 anos, morreu Joe Jackson, pai de Michael Jackson, na madrugada desta quarta-feira (27), por volta das 3h30, no horário de Los Angeles. Ele estava internado e sofria com um câncer no pâncreas em estado terminal.

Ele enfrentava o mesmo drama que o jornalista brasileiro Marcelo Rezende, que estava com o câncer no fígado e no pâncreas, e faleceu no ano passado. Além do câncer, Joe havia sido diagnosticado recentemente com demência.

O pai do rei do pop também chegou a sofrer paradas cardíacas e derrames. Na sua vinda ao Brasil, em 2015, a personalidade havia sofrido com um AVC (Acidente Vascular Cerebral), chegando a ser internado por um longo período.

Joe Jackson foi o responsável por tornar o filho conhecido mundialmente, após participar do grupo Jackson 5 com os seus irmãos, nos anos 60. No entanto, ele recebeu muitas críticas do filho e chegou a ser acusado de ter sido um pai abusivo.

Michael declarou que ele era responsável por abusos físicos e emocionais de sua família. Michael Jackson, anos depois de ser lançado, iniciou a sua carreira solo e deixou o pai fora de seu testamento. Ele morreu em 2009.

Segundo Sol: Remy é brutalmente assassinado e Luzia será acusada de sua morte;

Os próximos capítulos de Segundo Sol prometerão ficar mais agitados, isso porque Remy (Vladimir Britcha) será brutalmente assassinado. Acontecerá o “quem matou?” na trama de João Emanuel Carneiro e infelizmente Luzia (Giovanna Antonelli) será acusada desta morte e poderá morfar na cadeia.

Tudo começará por incrível que pareça Beto (Emílio Dantas), ele reatou o casamento com Karola (Deborah Secco), mas se recusa a ceder ao charme da esposa. A fogosa então irá recorrer ao desempenho do cunhado para se satisfazer na cama, porém Remy estará indignado com o tratamento da amante, os dois mais brigarão do que transarão. Em um encontro dos dois em uma praia de Salvador, o malandro jogará suas cartas na mesa e fará um pedido: “Só topo ficar de boa contigo se for uma parceria de verdade. Quero metade da grana que você desviou de Beto!”. Os dois discutirão feio e ela o deixa sozinho numa praia deserta, com raiva Remy promete se vingar.

Passado um tempo em Segundo Sol, Karola já estará subindo pelas paredes e resolve ir atrás do amante novamente. Toda manhosa, ela seduzirá Remy que aproveitará a oportunidade para fazer uma armação. Ele simplesmente gravará os dois transando, mas será surpreendido pela dondoca.

“Vou deixar seu irmão e ir embora com você. Tenho uma reservinha de dinheiro guardada, é mais do que suficiente para alugar um apartamento bem ajeitadinho em São Paulo e começar vida nova ao seu lado”, anunciará. Por sua vez, o filho de Naná (Arlete Salles) pedirá um tempo para pensar sobre o assunto. Afinal, ele tem uma dívida com Laureta (Adriana Esteves) e Bóris (Paulo Vespúcio).

Porém, acontecerá uma reviravolta na trama, Beto será rejeitado mais uma vez por Luzia, que garantirá que tem outro e pede que o cantor a deixe em paz. Sendo assim, o músico irá atrás de Karola e a impedirá que lhe deixe. Então, Remy será jogado para escanteio novamente. Mas, dessa vez, ele tem o vídeo íntimo como sua carta na manga e isso deixará a sequestradora de Valentim (Danilo Mesquita) em desespero. Então a santa Laureta entrará em cena.

“Deixe comigo, mais uma vez sua fada madrinha aqui vai livrar sua barra”, asseverá. A cafetina também descobrirá que Remy anda desviando dinheiro de seu esquema com o tráfico de drogas e estará com ódio no coração para punir seu ex-aliado. Ela sequestrará o filho de Dodô (José de Abreu) e mandará seus capangas o torturar até que ele devolva toda a grana roubada, além disso, ele será obrigado a apagar o vídeo com Karola.

Assim que conquista a sua liberdade, Remy voltará para a casa no mesmo instante em que Beto anunciará para a família que voltou com Karola. Lá, o bandido jurará se vingar da ex-amante que ficará tensa.

O ASSASSINATO DE REMY EM SEGUNDO SOL

Completamente sozinho, Remy então fará de tudo para descobrir onde estará Luzia e fará um acordo com a mocinha. Para isso, ele conseguirá informações com o irmão Ionan (Armando Babaioff). O policial contará que Beto foi até o restaurante de Cacau (Fabíula Nascimento) para reencontrar a amada.

O picareta então fará tocaia em frente ao estabelecimento para conseguir encontrar a solução de seus problemas. Ele planejará contar tudo o que sabe para Luzia e assim conseguir muito dinheiro. E certa vez, ele flagrará a DJ indo visitar a irmã e a espera para segui-la. A mãe de Ícaro (Chay Suede) se recusará a ir com o malandro que tomará uma medida drástica. Ele irá dopar a melhor amiga de Groa (André Dias) e a levará para um hotel.

Quando a protagonista da trama acordar ficará em pânico já que Remy estará ao seu lado completamente sem vida e com o risco da polícia chegar a qualquer momento, ela fugirá novamente. O mistério sobre como aconteceu o assassinato prometerá envolver o telespectador do folhetim.

Os capítulos de Segundo Sol poderão ser alterados.

Paolla Oliveira fala sobre boa forma e revela rotina de exercícios: ‘Corrida, musculação, luta e balé’

Paolla Oliveira é incansável. E não estamos falando apenas de trabalho: quando o assunto é sua rotina de exercícios, a atriz também vive ligada no 220 volts – tudo para manter a boa forma.

“Cada um tem seu ponto de equilíbrio, claro, mas o meu corpo necessita disso. Tenho um personal trainer que está comigo há dez anos já, então ele está sempre coladinho em mim”, conta.

“Além disso, aonde estiver, estou sempre com um tênis na mala e uma roupa de ginástica para treinar”, explica.

Apesar da alta intensidade dos exercícios, Paolla diz que, aos 36 anos, o tempo e a maturidade também a ajudaram a se aceitar mais.

“Acho que a alimentação também tem uma parte muito importante nisso e, mais do que tudo, tem aí um conjunto ‘bem-estar’, é um pacote”, completa.

Sandy faz festa para o filho, esconde a criança de todos e é detonada: “Cadê o aniversariante?”

Imagina você ir a uma festa de aniversário e não poder tirar fotos com o próprio aniversariante? Foi exatamente isso que aconteceu com o filho da cantora Sandy. Superprotetora, a artista não permite que sejam divulgadas imagens da criança.

O garoto já está com quatro anos de idade, mas desde que nasceu, em 2014, ela tenta a qualquer custo esconder o seu rosto dos fãs. Até hoje, houve quem entendesse o seu cuidado, no entanto, nesta semana, muitos acreditam que ela passou dos limites.

Sandy postou fotos com o marido na decoração da festa, mas o filho, o integrante principal do evento, não apareceu em nenhuma das imagens. Os fãs, é claro, ficaram desapontados e disseram que seria melhor nem ter feito a publicação.

“Mas cadê o aniversariante?”, questionou um. “Muito estranho essa proteção blindada”, apontou outro. “Aniversário sem aniversariante primeira vez q vejo kkkkk”, brincou uma seguidora. “Esqueceram de convidar o aniversariante”, disse mais uma.

‘Segundo Sol’: Rosa vai se tornar sócia de Laureta no bordel

Nos próximos capítulos de “Segundo Sol”, Rosa (Leticia Colin) se tornará sócia de Laureta (Adriana Esteves) no bordel.

Tudo começará quando a jovem chantagear Galdino (Narcival Rubens) e descobrir que Valentim (Danilo Mesquita) é filho de Luzia (Giovanna Antonelli). O capanga de Laureta contará tudo o que aconteceu para a patroa e ela resolverá ter uma conversa com a moça:

– Sei reconhecer quando perdi. Parabéns, Rosa.

– Você veio me oferecer um dinheiro para calar minha boca? – questionará ela.

– Muito mais do que isso. Você provou ser digna de um convite para me ajudar na administração da minha empresa. Mostrou que é inteligente, obstinada, resiliente.

A princípio, a moça relutará, mas ficará tentada quando a cafetina lhe oferecer R$ 300 mil, além da proposta de sociedade. Rosa não dará uma resposta, mas, dias depois, surgirá no bordel bem vestida e maquiada. A vilã e seus funcionários ficarão surpresos.

– Como vai, Laureta? Galera… – dirá Rosa.

– Agora que você chegou, melhor! Vou aproveitar que estão todos aqui para lhes apresentar minha nova sócia. Ela, Rosa! – anunciará.

Jeniffer Oliveira, atriz de ‘Malhação’, sofre agressão de Douglas Sampaio: ‘Mulheres, não vamos permitir’

A atriz de “Malhação: Vidas brasileiras” Jeniffer Oliveira, de 19 anos, foi agredida na noite da última sexta-feira pelo seu (agora) ex-namorado, o também ator Douglas Sampaio. Ela registrou queixa na Delegacia da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, e falou com exclusividade para o site. A atriz está com hematomas nos braços, mas continua gravando normalmente as cenas de sua personagem, Flora.

A agressão aconteceu no bar Coco Mambo, no Recreio, depois de uma cena de ciúmes.

– Ele cismou que eu estava dançando e chamando a atenção. Eu disse que não iria embora. Ele me agrediu diante de inúmeras testemunhas. Não esperava isso dele. Acreditei quando ele afirmou que os casos de agressão em que esteve envolvido anteriormente eram ‘invenções de meninas malucas’ – diz Jeniffer, que decidiu tornar o caso público porque “ninguém tem o direito de fazer isso”.

Em 2016, Douglas e sua então mulher, Rayanne Morais, também estiveram no centro de um escândalo de agressão e foram parar na delegacia. Os dois começaram a se relacionar em 2015, quando participaram juntos da oitava edição de “A fazenda”, na Record. Ele foi o vencedor do reality.

A Globo, através de sua assessoria, diz que não se pronuncia sobre a vida pessoal do elenco. Douglas fez uma participação em “Malhação” em 2011 e desde então não tem vínculo com a emissora.

Jeniffer vai divulgou essa carta:

“Comecei a namorar há um mês atrás. Tudo foi muito legal no começo, eu me senti acolhida, me senti amada e, em pouco tempo, comecei a morar com ele praticamente. Ficava direto na casa dele ou ele na minha. Saíamos muito. Conheci todos os seus amigos e eu não tinha do que reclamar. Em seguida começamos a passar por coisas não tão legais assim.

Começamos a discutir, a ter problemas com mentiras e eu comecei a descobrir quem realmente era a pessoa que estava ao meu lado. Não, eu não sabia de todas as fofocas que envolviam essa pessoa e sim, eu acreditei na versão dele. Por quê? Porque eu estava apaixonada e a pessoa de que todos falavam estava na minha frente, se revelando aos poucos a cada segundo. Fui me decepcionando e mentindo para mim mesma. Por que continuei? Porque ele tinha a maneira certa de me fazer mudar de ideia, de me convencer. Ele era fofo logo após me xingar. Ele sabia como me manipular e eu queria acolher aquela pessoa, já que achava que era acolhida. E assim foi até chegar ao ponto dessas fotos (veja abaixo). Uma discussão boba desencadeou isso aí que vocês estão vendo. As fotos são do dia 22 para o dia 23 de junho.

Eu fui agredida e demorei para entender o que estava acontecendo. Eu não ia denunciar, eu não ia contar para ninguém. Eu me senti culpada! Infelizmente muita gente passa por isso, por agressões até piores do que essas e que não dão em nada. Eu resolvi lutar pelos meus direitos, eu resolvi me expor e resolvi me abrir aqui para vocês. Acredito que devemos fazer a nossa parte, e a minha parte com tudo isso é mostrar que devemos lutar, sim! Não podemos deixar esse tipo de coisa passar. Independentemente da situação, isso não pode acontecer. Eu me senti culpada porque estava dançando, me senti culpada por achar que, de alguma forma, tinha provocado ciúmes no meu namorado.

Em hipótese nenhuma agressão é uma justificativa para qualquer coisa. No dia seguinte, eu não acreditava ainda, cheguei a procurar por ele, cheguei a conversar. Me senti mal, questionei a minha culpa nessa situação toda e chorei. O que quero com tudo isso? Justiça! Quero também de alguma forma ajudar as mulheres que passam por isso e têm medo de largar o agressor, que sentem medo de ameaças, que acreditam em um amor que não existe! Quem ama cuida, quem ama não agride e manipula. Ninguém merece isso. Não pensem que é uma bobeira. Aceitem a ajuda de pessoas que querem o seu bem, quem vê de fora vê melhor. O agressor muitas vezes consegue nos convencer. Passamos por malucas e eu me questionei diversas vezes se isso era verdade: ‘Não, não pode ser. Foi um momento de loucura. Machucou sem querer. Eu errei também’. E por aí vai. Se tudo isso passou pela minha cabeça, imagino que deve passar também pela cabeça das pessoas. Não vamos permitir. Não estamos sozinhas! E, mais uma vez, quem ama cuida, quem ama não agride”.

No Acre, mãe adapta sonda em boneca para filha de 1 ano e quatro meses que faz tratamento não se sentir diferente

O desejo de fazer com que a filha de apenas 1 ano e 4 meses não se sentisse diferente dos outros e de tentar estimulá-la a ingerir alimentos, fez com que a fonoaudióloga Giselly Sampaio, de 34 anos, personalizasse uma boneca com uma sonda no nariz.

Desde que viu a boneca pela primeira vez, a pequena Lívia Sampaio Januário logo identificou a semelhança. “Quando ela viu a boneca, já apontou para a sonda e apontou para a dela. Percebeu que era igual”, diz.

A menina faz tratamento contra disfagia, que é a dificuldade em engolir alimentos, há três meses e desde então precisa usar uma sonda para se alimentar. Desde que ganhou o brinquedo, a pequena Lívia não largou mais e até brinca de dar comidinha na boca da boneca.

“A gente fica tentando fazer com que ela coma. Pensei que se ela visse alguém parecido com ela comendo, iria incentivar. Daí comprei uma boneca parecida com ela e coloquei a sonda. Agora elas são inseparáveis e ela está aprendendo que a boneca usa sonda e come pela boca, ela mesmo dá a comidinha”, conta a mãe.

A família mora em Cruzeiro do Sul e o tratamento de Lívia é feito em Florianópolis. Desde que ela tinha seis meses, a mãe lembra que começou a perceber a dificuldade que a menina tinha de comer. Foi quando procurou o médico e ela foi diagnosticada.

“Quando a gente sai com ela na rua, as pessoas olham muito, ficam assustadas, olham com dó. Com a boneca, a ideia é a gente sair na rua e ela não se sentir diferente. Para ela se sentir igual, já que não convivemos com nenhuma outra criança que use sonda”, diz Giselly.