A Dona do Pedaço: Agno flagra sexo da mulher com entregador de bolo e surpreende

Lyris (Deborah Evelyn) vai transar com Tonho (Betto Marque) pela primeira vez na próxima quarta (12) em A Dona do Pedaço. O sexo com o entregador de bolos da confeitaria de Maria da Paz (Juliana Paes) vai fazer tão bem à mulher que vive sendo rejeitada pelo marido que ela repetirá a traição. Só que, na segunda vez que ela se atracar com o jovem bonitão, Agno (Malvino Salvador) a flagrará “pulando a cerca”.

O empresário arregalará os olhos e, mesmo perplexo com os gemidos, fingirá que não viu nada. Irá para o quarto do casal e agirá como se nada tivesse acontecido. Quem ficará desesperada será Gladys(Nathalia Timberg), mãe da loira.

O flagrante está previsto para ir no próximo dia 19 na novela de Walcyr Carrasco. Só mais para frente é que o público vai entender a reação do personagem de Malvino Salvador. Ele gosta de homens e planejará uma forma de usar a traição da mulher a seu favor no divórcio.

Na primeira vez que encontrar Tonho, Lyris elogiará os braços musculosos dele. Ela colocará a mão apertando o corpo do garoto, que falará para a “dona” que a carne é fraca. A loira se atracará com ele em seguida.

Depois, Lyris voltará a pedir bolo só para ver o entregador. “Sim, eu sei que já é tarde, mas é que… A minha filha quer muito esse bolo”, inventará a personagem de Deborah Evelyn ao fazer o pedido pelo telefone. Tonho avisará que a “gorjeta” dessa cliente é boa e se oferecerá para fazer a entrega.

Ela abrirá a porta da cozinha para o rapaz e mandará o “gato” colocar o bolo em cima da pia. Eles estarão transando quando Agno entrará em casa. “Agno vê, mas não é visto, sai”, indicou o autor Walcyr Carrasco no roteiro.

Na continuação, ela levará bolo para o marido, toda gentil. “Você avisou que ia chegar tarde. Então pensei: ‘Vou preparar um lanche pro meu maridinho’. Encomendei bolo de limão. Este pedaço está bom?”, dirá a loira.

O empresário afirmará que está estranhando ela não reclamar de ele chegar tarde em casa. “Eu me tornei mais compreensiva. Acho que era egoísmo meu, querer meu marido só pra mim”, justificará Lyris.

Anúncios

Amadeu diz a Maria da Paz que nunca vai se separar da esposa


Maria da Paz
 
(Juliana Paes) e Amadeu (Marcos Palmeira) viveram um grande amor no passado. Mas por causa de um acordo entre suas famílias, eles se afastaram e acreditaram que o outro estava morto. Mas depois de 20 anos, o destino dá uma forcinha e eles se reencontram. 

A paixão fala alto e os dois passam a noite juntos, trocando juras de amor e contando suas histórias. Mas chega a hora de algumas revelações. Maria da Paz diz ao amado que tem algo muito importante para dizer e acaba revelando que tem uma filha.

Amadeu se ilumina e pergunta qual o nome da sua filha. Maria da Paz se enche de orgulho para falar de Josiane (Agatha Moreira): 

“Josiane. Mas agora pegou a mania de ser chamada só de Jô, acha mais chique. Eu deixo, é coisa da idade. A Josiane é linda, simpática, é tudo que uma mãe esperava de uma filha. Eu sou boba, pode dizer que sou boba. Mas não sou mãe coruja, não. É porque a Josiane é maravilhosa, mais inteligente, bonita e madura que as garotas da idade dela. Tem qualidades! Você precisa conhecer sua filha. Ela cresceu pensando que não tem pai. Que o pai morreu… Coitadinha… Vai ficar tão feliz quando eu contar pra ela. Foi por ela que eu fiz tudo isso, sabe. Foi por ela que eu mesmo tando grávida vendia bolo na rua, foi por ela que trabalhava sem parar.”

A empresária continua falando sem parar da blogueira, até que Amadeu a interrompe para dizer algo que está engasgado: 

“Maria… eu estou casado.”

Maria diz que não tinha percebido a aliança de advogado e pergunta como vai sair dali em diante. Sabendo que a esposa está doente, ele abre o coração: 

“Eu te amo Maria. Amo do mesmo jeito que amava quando acabaram com a vida da gente. Vivia sonhando em reencontrar você. Mas não posso me separar. Estou casado e nunca vou poder largar a minha mulher.”

Veja o resumo dessa semana:

https://blogsejoga.com/2019/06/01/resumo-de-a-dona-do-pedaco-capitulos-de-3-a-8-de-junho/