Em A Dona do Pedaço, Lyris furiosa expulsa Agno do armário: ‘Meu marido é gay’

A dondoca interpretada por Deborah Evelyn em A Dona do Pedaço vai descer do salto e armar um escândalo na construtora do marido. Lyris descobrirá que Agno (Malvino Salvador) a trocou por garotos de programa. Fora de si, ela irá ao escritório fazer exigências para não colocar a boca no trombone. O executivo chamará a mulher de chantagista e acabará “arrancado do armário”. “Meu marido é gay. O Agno é gay”, gritará a loira para toda a firma ouvir.

Completamente surtada, ela andará pelos corredores da empresa colocando todo o seu ódio para fora. De acordo com o roteiro entregue aos atores, a cena lembrará uma exibida na última novela do autor Walcyr Carrasco, O Outro Lado do Paraíso.

O tom da lavação de roupa suja no ambiente de trabalho será o mesmo usado na sequência em que Suzy (Ellen Rocche) berrou para o hospital inteiro saber que seu Tigrão, o médico Samuel (Eriberto Leão), era gay.

Semelhanças à parte, Lyris terá ainda mais motivos para ficar devastada do que a enfermeira teve com a sua descoberta. No caso da filha de Gladys (Nathalia Timberg), ela será surpreendida com o pedido divórcio repentino e humilhada com um vídeo de sexo com o entregador de bolos. 

Desesperada, a dondoca contratará Amadeu (Marcos Palmeira) como seu advogado. Ele a orientará a contratar um detetive particular, já que a loira cismará que o marido tem outra. O profissional fará fotos do empresário com um garoto de programa.

Depois que Lyris receber as imagens do detetive, ninguém vai conseguir segurá-la. Agno ainda mandará a secretária dispensar sua ex-mulher, mas ela invadirá sua sala. “Eu já sei de tudo, Agno. Já descobri que costuma sair com rapazes. É por isso que, apesar de todas as minhas tentativas, não me queria”, dirá a dondoca, na lata.

“Não foi só por isso. Mas confesso. Eu tentei, Lyris, tentei um bom casamento. Ser um homem normal, como dizem. Mas o que é normal? Ser normal é ser o que a gente é. Há muito tempo sei que não conseguiria ir adiante com o casamento… Eu assumi”, revelará o personagem de Malvino Salvador.

A partir daí, começará a baixaria. “Você pega rapazes na rua. Vai falar o que de mim? Eu quero o apartamento, metade do dinheiro que pegou na venda da empresa e uma mesada de acordo com o padrão de vida que estou acostumada. Ou conto para todo mundo que você é gay”, ameaçará a irmã de Régis(Reynaldo Gianecchini).

“Em que mundo você está vivendo? Não tenho problema nenhum em ser gay. Não vai me chantagear. Não dou nada. Dou um salário mínimo de mesada, se quiser”, rebaterá o executivo.

“Ah, é?”, esbravejará Lyris. Ela abrirá a porta e começará o espetáculo para todos os funcionários verem. “Meu marido é gay, meu marido é gay! O Agno é gay. Gay”, gritará Lyris.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s