Assassino disparou 13 tiros em Rafael Miguel e nos pais dele, aponta laudo

O comerciante Paulo Cupertino Matias, de 48 anos, disparou 13 tiros no ator Rafael Miguel e nos pais dele, aponta laudo necroscópico ao qual a TV Globo teve acesso com exclusividade. 

O crime aconteceu no domingo (9), no bairro Pedreira, na Zona Sul de São Paulo. Segundo a investigação, o homem cometeu os assassinatos por não aceitar o relacionamento entre sua filha, Isabela Tibcherani, e o ator. 

O documento indica que a maioria dos tiros atingiu o namorado da filha do assassino: sete (um na cabeça, um no peito, três nas costas e dois no braço esquerdo). 

O pai do rapaz, João Alcisio, foi atingido quatro vezes (um acertou o peito, dois o braço esquerdo e um o braço direito). A mãe, Miriam Miguel, foi atingida no peito e no ombro.

Paulo fugiu após atirar nas três vítimas. A polícia sabe que o criminoso utilizou ao menos dois veículos: um vermelho logo depois do crime e um escuro no dia seguinte. 

O carro vermelho foi achado na terça-feira (11) a cerca de 600 metros do local do crime. Ele foi apreendido e passou por perícia. Segundo a investigação, a placa é clonada. 

O outro veículo foi flagrado por uma câmera de segurança de um posto de gasolina na segunda-feira (10). Pelas imagens não dá para saber se havia outra pessoa dentro dele. 

Os investigadores já sabem que uma parente do criminoso pagou pelo combustível. O veículo foi localizado na sexta (14) e não está no nome dessa parente. A dona do carro disse que não conhece Paulo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s